Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Artigos Luciano Monferrari  
Data: 01/03/2010 - Jornal Mundo Animal 17 - Cambacica Mar/10

Nome Popular: CAMBACICA
Nome Científico: Coereba flaveola
Família: Coerebidae
Outros Nomes Populares:Sebinho, mariquita, caga-sebo, sebito, papa-banana, chiquita, chupa-mel.

Etimologia: Coereba: Nome indígena tupi, dado a um pequeno pássaro. ( guira coereba ).
Flaveola: Diminutivo do latim flavus – amarelo-ouro.
Características: Tem um tamanho aproximado de 10 a 11 cm. Plumagem acinzentada em seu dorso, com uma faixa branca por cima dos olhos. Peito e barriga amarelados e a cauda com a ponta das penas brancas. Seu bico é levemente encurvado, fino e de cor escura.
Não há diferença entre machos e fêmeas em sua plumagem. Pessoas desavisadas confundem esta ave com filhote de bem-te-vi por causa da similaridade de suas cores na plumagem.
Habitat e Comportamento: É uma ave muito comum e abundante em todo o Brasil, muito freqüente em jardins e quintais, pomares e matas secundárias. Também pode ser vista em grandes centros urbanos. Sendo uma espécie muito ativa e sociável, permite certa aproximação, podendo ser observada mais de perto. Seu canto é simples e curto, mas constante. Canta durante todo o dia. A fêmea também canta, porém com menor intensidade. Toma banho freqüentemente, provavelmente para se livrar dos respingos de néctar, o qual tem contato direto.
Alimentação: Se alimenta de néctar de grande variedade de flores, que representa quase dois terços de sua alimentação, frutas e pequenos insetos. Pode ser visto freqüentando as garrafinhas com néctar ou açúcar dos beija-flores, onde faz acrobacias para ter acesso ao líquido, uma vez que não pode parar no ar.
Reprodução: Seu ninho é esférico, em forma de um saco pendurado nas ramificações, com entrada pelo meio. É feito com vegetação e é bastante protegido.

Construído em árvores baixas ou arbustos, raramente acima de 2 metros do solo. Muitas vezes, por ser perturbado pela curiosidade humana, abandona seu ninho, construindo outro nas proximidades. Não é raro encontrar vários ninhos da mesma espécie numa determinada região, porém sendo apenas um deles ativo.

Etimologia: Coereba: Nome indígena tupi, dado a um pequeno pássaro. ( guira coereba ).
Flaveola: Diminutivo do latim flavus – amarelo-ouro.
Características: Tem um tamanho aproximado de 10 a 11 cm. Plumagem acinzentada em seu dorso, com uma faixa branca por cima dos olhos. Peito e barriga amarelados e a cauda com a ponta das penas brancas. Seu bico é levemente encurvado, fino e de cor escura.
Não há diferença entre machos e fêmeas em sua plumagem. Pessoas desavisadas confundem esta ave com filhote de bem-te-vi por causa da similaridade de suas cores na plumagem.
Habitat e Comportamento: É uma ave muito comum e abundante em todo o Brasil, muito freqüente em jardins e quintais, pomares e matas secundárias. Também pode ser vista em grandes centros urbanos. Sendo uma espécie muito ativa e sociável, permite certa aproximação, podendo ser observada mais de perto. Seu canto é simples e curto, mas constante. Canta durante todo o dia. A fêmea também canta, porém com menor intensidade. Toma banho freqüentemente, provavelmente para se livrar dos respingos de néctar, o qual tem contato direto.
Alimentação: Se alimenta de néctar de grande variedade de flores, que representa quase dois terços de sua alimentação, frutas e pequenos insetos. Pode ser visto freqüentando as garrafinhas com néctar ou açúcar dos beija-flores, onde faz acrobacias para ter acesso ao líquido, uma vez que não pode parar no ar.
Reprodução: Seu ninho é esférico, em forma de um saco pendurado nas ramificações, com entrada pelo meio. É feito com vegetação e é bastante protegido.

Construído em árvores baixas ou arbustos, raramente acima de 2 metros do solo. Muitas vezes, por ser perturbado pela curiosidade humana, abandona seu ninho, construindo outro nas proximidades. Não é raro encontrar vários ninhos da mesma espécie numa determinada região, porém sendo apenas um deles ativo.




   15/04/2011 - Concurso Voa Que Te Quero Livre
   01/02/2011 - Jornal Mundo Animal 28 - Coruja-buraqueira Fev/11
   01/03/2010 - Jornal Mundo Animal 17 - Cambacica Mar/10
   05/10/2009 - Concurso Ecoloja



home | fotos | avistamentos | artigos&publicações | vídeos | links | contato